domingo, 23 de junho de 2013

Desmontagem e limpeza do Carburador Monza 2E / 2E7 Brosol

Desmontagem e limpeza dos carburadores Brosol 2E7 à gasolina, especificamente do Monza 1990 2.0 com código Brosol 52.255.275.

Ferramentas:


  • Chave de Fenda
  • Chave de Philips
  • Chave 10mm
  • Alicate universal

Ao trabalho:

A era dos carburadores já acabou. Isto é um fato, mas vou trazer um pouco da minha experiência com este sistema de injeção de mecânico que se chama carburador. Sim, o carburador é um modo de injeção mecânico e necessita constante supervisão e manutenção para que todos os mecanismos estejam em correto funcionamento. O carburador em questão, 2E7, é um dos melhores carburadores que conheci, pois possui diversos mecanismos que mantem o funcionamento do motor em qualquer situação. Caso tenha mais curiosidade em conhecer o funcionamento básico, vantagens e desvantagens clique aqui e acesse o site Wikipédia.

O carburador utilizado neste monza é o de código:


O conhecimento deste código é importante, pois define quais são os giclês, difusores, venturis, etc. Lembre-se, este mesmo carburador é utilizado em diversos carros da GM, Ford eVW, movidos à gasolina ou álcool; e para cada fabricante, motor, cilindrada e combustível utiliza-se um conjunto de regulagens especificas.

Clique no link abaixo para acessar a Tabela de Regulagem de Carburadores Brosol, o qual você encontrará todas as especificações para cada motor:

Tabela Regulagem de Carburadores Brosol

Uma vez que estou tratando do Monza 2.0 Gasolina equipado com o 2E7, você encontrará as informações na página 31 coluna 4 da tabela supracitada.

Enfim, segue a situação do carburador:
Visto pela frente do carro

Visto pelo lado do passageiro

Visto pelo lado do motorista

Visto por trás

Logo se vê que este carburador se apresenta com encharcamento, ao observá-lo - inclusive em funcionamento -, nota-se que este carburador apresenta os seguintes problemas:

- Vazamento de combustível pela válvula da máxima:


Problema devido a um problema na rosca de um dos dois parafusos que fixam a peça, a qual estava espanada.

- Vazamento de combustível pela válvula de aceleração rápida:


Problema semelhante, roscas espanadas, neste caso eram duas. Tanto o primeiro quanto o segundo vazamento era observado ao se acelerar rapidamente o carro.

O restante da sujidade no carburador pode ser atribuída a mais dois fatores: ausência do anel de borracha que apoia o filtro de ar e boia com nível acima do recomendado.

Para se retirar o carburador, basta retirar as conexões que são externa ao carburador, ou seja, aquelas que vão para outros dispositivos do carro, tais como vacuometro do painel e avanço do distribuidor. Em seguida, retirar cabo de acelerador e afogador e por fim as três porcas que prendem o carburador.

É muito comum, mesmo tendo removido as 3 porcas (10 mm), o carburador permanecer firme, isto ocorre que os parafusos (prisioneiros) que ficam travados dentro do carburador.

 OBS.: Como pode ser observado nesta foto, o local de fixação da mangueira na cápsula pneumática de abertura do 2º estágio está quebrada. Será substiuida.



Aqui temos outro problema oculto, a cápsula pneumática de desafogamento encontra-se com o diafragma rompido, ocasionando falha no desafogar automaticamente e entrada de ar falsa no motor. Para testar o funcionamento das cápsulas pneumáticas, basta fazer um vácuo, se não tiver entrando ar, substitua a peça.
Com ele todo desmontado e após primeira limpeza:





Ajustes do carburador na bancada
Para verificar a altura da bóia, coloque a tampa do carburador levemente inclinada (cerca de 30º em relação ao plano vertical) para que a bóia apenas encoste na válvula estilete, sem contudo, pressioná-la. Utilize o calibre de construção própria e verifique se a dimensão está dentro do valor prescrito (26,5 a 28,5 m).
Caso seja necessário, substitua a agulha e a válvula estilete. Se as dimensões ainda estiverem fora da especificação, substitua a bóia. Verifique também a possibilidade da sede estar fora da sua altura normal.

Por fim, monta-se com jogo de juntas novas.

Não fiz questão de entrar em detalhes em mais detalhes sobre regulagem, pois existe um artigo disponível no link abaixo que explica detalhadamente os passos a seguir.

http://www.ebah.com.br/content/ABAAABR5kAK/carburador-2e7?part=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário